Não. O Tantra é uma filosofia espiritual milenar de origem Hindu que engloba religiosidade, crenças e alguns aspectos da sexualidade. Já a Terapia Orgástica é um processo de desenvolvimento terapêutico com uma abordagem completamente diferente, que busca a ampliação do repertório sensorial, da consciência corporal e do despertar do potencial orgástico do corpo independente da sua crença religiosa. Porém, caso seja do seu desejo trazer a sua espiritualidade e sua religiosidade para o seu processo terapêutico, isso não será um problema.